Pesto.

4 de jan de 2011

(Três raminhos do manjericão deixei num vaso com flores, pra ver se ele cria raiz.



Ah - pesto!
É uma delícia, é facinho, não demora...
não me lembro de nenhum contra, só prós.


Como ontem jantei com uma amiga, fiquei sem jeito de tirar foto da comida.
Fiz um macarrão bem simples, com molho de tomate pronto, queijo branco 
em cubos e pesto por cima.




Pro pesto:
100g de castanhas do pará (pecans ou nozes também dão certíssimo)
um maço imenso de manjericão - usei manjericão roxo, mas acho o verde até mais bonito
azeite de oliva qb


Deixei o manjericão uns minutos de molho em água com vinagre, depois lavei em água corrente.
Enquanto a gente jogava conversa fora, fomos tirando as folhinhas dos ramos.
Piquei grosseiramente as castanhas no liquidificador, depois adicionei todo o manjericão (pra dar uma idéia de quantidade, usei todo o maço que comprei) e um tanto de azeite.
Como o liquidificador não tava querendo colaborar muito, adicionei azeite pra deixar mais encorpado. Aí deu certo.
Bati até tudo virar uma pasta, não faz mal que algumas folhinhas ficaram inteiras e que tinha umas castanhas meio pedaçudas.


Bom, é isso.
Um molho absolutamente delicioso, pronto em minutos, perfeito pra pôr em massas e sanduíches. Nham!

0 comentários:

Postar um comentário