Biscoitos com pé de moleque.

31 de jan de 2012







Sabe quando você vê uma idéia muito boa, mas tão boa que você queria que fosse sua?
Ta aqui um exemplo. Quando li o nome do post no Technicolor Kitchen, me empolguei toda.
E a foto ajuda.
Mas não usei a mesma receita que ela, porque achei que esses biscoitinhos amanteigados e o pé de moleque comum seriam mais do meu gosto.
E a verdade é que não é nada prático comer esses biscoitos, espalha farelo pra todos os lados, mas que delícia! O pulo do gato é fazer os biscoitos bem pequenos, e pingar porções pequenas de pé de moleque por cima, assim dá pra comer um bocadinho de cada vez sendo civilizado.
Anotei essa receita há tanto tempo (e sem anotar a fonte) que não consigo fazer idéia de onde foi que ela surgiu. Mas são biscoitos amanteigados simples e gostosos, os primeiros que eu preparei, e daquela vez já deram certo.

Biscoitos amanteigados
2 xícaras de farinha de trigo
200g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
1/2 xícara de açúcar de confeiteiro
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/4 colher de chá de sal
(Medida da xícara: 240ml)

Penerei a farinha e o sal juntos sobre uma tigela e reservei.
Com um fouet, bati a manteiga até ficar cremosa. Isso pode ser feito também na batedeira ou até usando um garfo, se for o que você tem à mão. Acrescentei o açúcar e continuei batendo até que a mistura ficasse fofa, por mais ou menos dois minutos. Depois disso, juntei o extrato de baunilha e misturei bem.
Delicadamente fui acrescentando a farinha e misturando, até incorporar tudo.
Achatei a massa em forma de disco e levei à geladeira, coberta com plástico, por uma hora (dá pra deixar até um pouco mais de 3 horas. Se deixar por mais tempo que isso, retire a massa da geladeira e deixe descansar por meia hora em temperatura ambiente antes de voltar a trabalhar com ela).

Antes de começar a trabalhar a massa, forrei duas assadeiras com papel manteiga.
Agora, o truque pra que os biscoitos não fiquem duros é abrir a massa entre duas folhas de papel manteiga, em vez de abrir em superfície enfarinhada. Dessa forma, usando o papel, a gente evita de adicionar farinha à massa e alterar a receita.
Aprendi esse truque e mais alguns no blog da Glory (em inglês), que recomendo pra quem queira aprender a fazer biscoitos bonitos.
A massa deve ficar com mais ou menos 0,5cm de espessura. No meu caso, cortei quadrados usando uma carretilha, mas se você preferir pode usar cortadores de círculo, quadrado, coraçãozinho etc etc.

Coloquei as assadeiras, já com os biscoitos, dentro da geladeira e deixei por 15 minutos antes de levá-los ao forno. Isso serve pra garantir que eles não percam a forma enquanto assam. Ao mesmo tempo, liguei o forno a 180oC, pra ir preaquecendo.

Cada assadeira ficou no forno por 8 ou 10 minutos, tirei quando os biscoitos começaram a tomar cor nas bordas. Esperei esfriarem por 10 minutos dentro da assadeira sobre a mesa, depois transferi para travessas e deixei esfriarem por completo.

O pé de moleque é o seguinte:
3/4 xícara de açúcar cristal
3/4 xícara de açúcar mascavo
1 1/3 xícara de amendoim torrado
1/4 xícara de leite
1 colher de sopa de óleo vegetal neutro
1 colher de sopa de karo
1/4 a 1/2 colher de chá de sal
1 colher de chá de extrato de baunilha
(Medida da xícara: 240ml)

Misturei todos os ingredientes em uma panela grande e levei ao fogo médio-alto, mexendo de vez em quando. Assim que a mistura ferveu, deixei mais três minutos no fogo.
Desliguei e mexi vigorosamente, até que a cor do caramelo ficou mais clara e o açúcar começou
a querer cristalizar. Demora um pouco, parece que a coisa toda desandou, mas tenha paciência.
De uma hora pra outra a cara do doce muda.
Imediatamente coloquei o doce em pequenas colheradas em cima dos biscoitos já frios. Como o pé de moleque seca muito rápido, os últimos não ficaram tão bonitos como os primeiros - então talvez seja uma boa idéia fazer o pé de moleque em duas levas.

Já não me lembro direitinho, mas rendeu 50 ou 60 biscoitos.

3 comentários:

Marmita disse...

Ficaram tão fantasticas como as da technicolor :) Tb prefiro as tuas bases porque adoro bolachas mais estaladiças :) Muito bom vou apontar! beijo

lilian disse...

Adorei seu blog!Adoro ver blogs de culinaria, e acabo utilizando uma coisinha aqui, outra ali... Agora estou na saga de fazer comida para apenas uma pessoa, o que acaba restringindo um pouco...mas fica como sugestão!Parabens pelo blog, realmente muito bom e gostoso de ler!

Flora. disse...

Marmita, depois conta como saiu a sua versão! :)

Lilian, bem vinda!
Eu mesma cozinho só pra mim na maior parte do tempo, mas me divirto cozinhando pra/com mais gente,
então saem vários posts nesse espírito.
Volte sempre!

Postar um comentário