Cookies crocantes com nozes, amêndoas e chocolate.

20 de abr de 2012





(In English)


Durante o último feriado, em que estive com a minha família, fiz esses cookies pra gente.
São super crocantes, de modo que fizeram sucesso.
Coloquei chocolate amargo picado, amêndoas, e nozes. Só achei um pouco doces demais, mas afinal de contas é o açúcar que faz que sejam crocantes.
2 xícaras de farinha de trigo
1colher de chá de bicarbonato de sódio
3/4 de colher de chá de sal
1 xícara de manteiga sem sal, derretida e fria (200g = 1 barra)
1 xícara de açúcar cristal
1/2 xícara de açúcar mascavo
3 colheres de sopa de água
250g de chocolate amargo picado, amêndoas torradas picadas, nozes picadas (digamos que seja mais ou menos 3/4 xícara?)
(Medida da xícara: 240ml)


Com uma colher de pau, bati a manteiga e os açúcares em uma tigela grande, até formar um creme uniforme.
Penerei a farinha de trigo, o sal e o bicarbonato e adicionei à tigela, misturando tudo muito bem. Ficou parecendo uma farofa grossa.
Acrescentei as três colheres de sopa de água, e bati mais com a colher. Ficou com uma consistência de pasta, como dá pra ver nas fotos abaixo.
Juntei o chocolate, amêndoas e nozes e mexi até que se espalhassem por igual na massa.






Como tem bastante manteiga na massa, não me preocupei em untar as assadeiras nem pôr papel manteiga. Moldei bolinhas de massa com 2/3 de colher de sopa cada e achatei levemente antes de pôr nas formas, deixando 5cm de espaço entre um cookie e outro.
Coloquei as assadeiras na geladeira enquanto o forno preaquecia (a 180oC) por 15 minutos. 
Deixei assar por mais ou menos 17 minutos, até que começassem a ficar marronzinhos nas bordas e na parte de cima, e ao tirar do forno deixei esfriar por 5 minutos dentro da forma antes de transferir pra uma gradinha até esfriarem completamente. Uma espátula ajuda nessa hora, mas uma colher quebra o galho.
Repeti o processo até terminar a massa.


Ao todo, rendeu 60 cookies. 30 eu separei pra dar de presente, e os outros 30 terminaram em uma tarde.
Mas dá pra guardar por até um mês em lata bem fechada ou em vidro com fechamento hermético.

3 comentários:

Marmita disse...

Que aspecto tão bom, adorava ter provado! Olha a minha vodka com baunilha ainda cheira um pouco a bebida, achas que já posso começar a utilizar ? fiquei na duvida ontem quando fui cheirar a garrafinha. beijos

Flora. disse...

Marmita, pode usar tranquila.
Quanto mais tempo passar, mais a baunilha cede sabor, e de qualquer forma, a bebida evapora toda enquanto os alimentos assam/ cozinham.
Assim, a vodka não fica perceptível no final.

Se sua família gosta de doces estaladiços, experimenta essa receita aqui. :)
Beijos!

Anônimo disse...

hum parece delícioso, obrigada por compartilhar

Postar um comentário