Férias e falafel.

24 de dez de 2013

2 comentários



(In English)

Faz tanto tempo que eu queria publicar essa receita de falafel, que já a associei a um bocado de assuntos diferentes, pensando no texto do post.
Dado o avançado da hora, não vejo sentido em associar com qualquer outra coisa que não seja férias (além do mais, achei que dava um título sonoro. "Férias e falafel". Não? :)
Um dos assuntos que surgiu tinha a ver com uma situação que me irrita bastante.
Aí pensei "ah, sabe o quê? Que besteira. Não vou ficar discorrendo sobre chatices numa hora dessas".
A melhor coisa das férias é justamente desacelerar de tudo o que tiver se desgastado (ou nos desgastado) no quotidiano - tanto faz se temos vários dias para descansar ou se são só dois, três.
Mesmo que a pausa seja curta, temos essa vantagem de contar o tempo em ciclos; vivendo dia a dia, ano a ano, para ter términos e recomeços constantemente.
Quando termina um período, tudo o que for desnecessário fica pra trás, não precisa nos acompanhar no dia seguinte, no ano seguinte.
Que beleza, não? A única coisa que precisamos fazer é lembrar de deixar as coisas para trás.

Aproveitando esse verãozão, vamos é passar tempo com a família, andar só de chinelo todo dia, cozinhar ouvindo música, disputar o espaço na rede, e ver se diminui um pouco a pilha de livros esperando para serem lidos.

Agora, falafel. Caso tenha alguém que não o conheça, apresento:
É um bolinho frito feito com grão de bico, cebola, coentro, pimenta e mais alguns temperos opcionais, tradicional da culinária árabe.
A receita que eu tenho veio do cooksnaps.